INÍCIO / Filosofia / Albert Camus e o suicídio

Albert Camus e o suicídio

Albert Camus e o suicídio – É preciso descobrir se a vida merece ou não ser vivida.


Talvez o assunto mais original e trágico na filosofia seja sobre o sentido da vida. Não é raro que a pergunta que busca entender quem somos seja feita no primeiro dia de aula de filosofia em qualquer escola, e acredito que isso tenha razão de ser assim.

Albert Camus foi um escritor e filósofo francês nascido em 1913, na Argélia, notável em termos literários, que conheceu de perto a guerra, a miséria e a fome, fatos que consolidaram sua biografia e influenciaram fortemente sua filosofia.

Cada um de nós carrega um fardo pessoal. Alguns têm uma família pra sustentar. Outros têm apenas a si mesmos, e por vezes a solidão pode ser ainda mais pesada do que a clara responsabilidade frente aos outros — e, portanto, ao mundo.

Todos, entretanto, têm uma vida, e sobre o destino dela precisam decidir.

No vídeo de hoje falaremos sobre este assunto absurdo que é o suicídio, então estiquem as pernas e, de jeito nenhum, amarrem a corda na árvore. Bora nessa:

Embora Camus entenda que o suicídio seja o problema filosófico por excelência, é realmente muito difícil encontrar obras filosóficas que se debrucem, seriamente, sobre o suicídio, e aquelas que tocam no assunto o fazem de modo leviano, generalizadamente defendendo que viver é preciso. Camus, porém, se debruça sobre o assunto, o que o torna não apenas no filósofo do absurdo, mas numa grande referência para aqueles que buscam pensar seriamente sobre sua própria condição.


Gosta do meu trabalho? Então seja meu apoiador clicando aqui: apoia.se/alysson


Conheça a seção de Filosofia no GEDBioética clicando aqui.


Fontes consultadas:

Livro “O Mito de Sísifo”, de Albert Camus: http://amzn.to/2uFt5rd

“Camus, Maugham e o suicídio”: https://goo.gl/J5omvf

“A postura camusiana perante o suicídio físico”: http://seer.ucg.br/index.php/fragmentos/article/viewFile/2353/1447

“O absurdo e o suicídio: uma visão em Albert Camus”: http://pensamentoextemporaneo.com.br/?p=1575

“Albert Camus on the Will to Live and the Most Important Question of Existence”: https://www.brainpickings.org/2016/11/07/camus-myth-of-sisyphus-suicide/

0%

User Rating: 4.55 ( 4 votes)

Sobre Alysson Augusto

É graduando em Filosofia pela PUCRS, professor de ensino médio e faz vídeos para o Youtube (conheça aqui). Acredita na importância de pensar o mundo eticamente, e por isso vê potencial no GEDbioética.

VEJA TAMBÉM

Por que filósofos falham em influenciar no debate público — e como podem melhorar

Os debates públicos tendem a se concentrar em todo um pacote, e se os filósofos não conseguem encontrar maneiras de falar com todas essas coisas, nossas opiniões apenas desempenharão um papel marginal.